Trabalhador autônomo: você sabia que você consegue comprar seu imóvel com a Lyx Engenharia? O texto do Blog de hoje é para te ajudar na aprovação de crédito de financiamento com boas condições de pagamento e com os melhores juros do mercado pelo programa Casa Verde e Amarela! Vamos lá?

  • O que é um trabalhador autônomo?

Trabalhador autônomo é aquele que exerce uma atividade profissional “por conta própria”, ou seja, sem possuir um vínculo empregatício formal com uma empresa.

Normalmente, a comprovação de um emprego de carteira assinada é valorizada pelos bancos quando se trata em aprovação de financiamento, mas isso não impede que os trabalhadores autônomos também consigam realizar esse sonho.

Como o financiamento imobiliário funciona como um “empréstimo”, a instituição financeira precisa saber se você tem condições de arcar com os pagamentos do seu financiamento até o final.

Entre a listagem de documentos que podem ser usados para comprovar renda autônoma estão: Declaração de Imposto de Renda (IR), Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (DECORE) e Recebimento de Pagamento de Autônomo (RPA).

Continue com a gente para conhecer cada uma delas e nossas dicas para te ajudar a comprar seu imóvel.

Dicas para trabalhadores autônomos

  • Mantenha o seu nome limpo

Esse é um pré-requisito em qualquer financiamento imobiliário, mesmo para trabalhadores que têm carteira assinada.

Procure manter seu nome limpo, evitando deixar dívidas em aberto, pois para comprar o seu imóvel, você não pode constar em cadastros restritivos como SPC e Serasa e precisa estar com uma boa pontuação de crédito (o chamado score). Se você paga todas as suas contas em dia, não deve ter problemas nesse tópico.

Caso você precise de ajuda para quitar suas dívidas ou renegociar seus débitos, a Lyx Engenharia possui o setor de Recuperação de Crédito para te auxiliar na baixa da restrição antes da compra do seu imóvel.

  • Faça movimentação bancária em uma conta corrente

Caso você não tenha uma conta corrente, providencie a abertura de preferência na mesma instituição bancária que você solicitará seu financiamento (Caixa Econômica Federal para o programa Casa Verde e Amarela). Nessa conta corrente, faça movimentação de dinheiro por pelo menos 6 meses seguidos para utilizar os extratos como uma maneira de comprovar sua renda.

O ideal é que o trabalhador centralize todos os recebimentos em apenas uma conta corrente, ou seja, caso receba dinheiro também em outras contas ou à vista, faça transferências e depósitos para juntar todo o valor no mesmo extrato. Desta maneira, o extrato bancário irá sempre refletir o total dos ganhos.

Utilize o extrato impresso pelo site do seu banco na internet ou solicite ao gerente. Evite usar o extrato emitido pelo caixa eletrônico, esse tipo de extrato pode não ser aceito para a comprovação.

Aqui, vale um detalhe importante: os extratos são um complemento, mas não são suficientes para a aprovação de financiamentos imobiliários! Por isto é muito importante recorrer às demais opções que listaremos adiante.

  • Formalize o seu trabalho

Abrir uma empresa como microempreendedor individual (MEI) é uma maneira de formalizar seu trabalho, facilitando a comprovação de renda. Além disso, o microempreendedor individual possui direito a benefícios, como auxílio-doença e aposentadoria.

comprovação de renda para autônomos

Formas de comprovação de renda autônoma

  • Recebimento de Pagamento de Autônomo (RPA)

Os recibos emitidos pelos serviços prestados podem funcionar como uma forma de declaração de renda. Para assegurar sua veracidade, o ideal é que os recibos estejam assinados por ambas as partes.

No caso de você usar o recibo de pagamento de autônomo (RPA), procure guardar as guias de recolhimento de impostos. Elas podem ser solicitadas em alguns casos de financiamento de imóveis.

  • Declaração do Imposto de Renda (IR)

A declaração anual do Imposto de Renda enviada para a Receita Federal também pode servir como comprovante de renda.

Mesmo que você seja isento do pagamento de imposto, é muito importante manter suas declarações anuais.

Os meses de março e abril são ideais para você fazer sua declaração do Imposto referente a 2020, já que é o prazo estipulado pela Receita para todos os brasileiros fazerem suas declarações, saiba mais clicando aqui. Mas caso você deixe o prazo passar, pode corrigir isso, já que é possível declarar o Imposto de Renda em atraso, desde que com pagamento de multa.

  • Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore)

Um dos serviços prestados pelos contadores é a emissão da Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (DECORE). Este é um documento considerado oficial de comprovação de renda para o trabalhador autônomo e informal, que não possui carteira assinada.

A DECORE deve ser emitida por contadores profissionais habilitados pelo Conselho Regional de Contabilidade (CRC). O contador realizará a análise de alguns documentos referentes aos seus ganhos no trabalho — por exemplo, a escrituração do livro diário, sua declaração de imposto de renda, os contratos de prestação de serviços ou os recibos de pagamentos autônomos (RPA) que citamos anteriormente.

Com isso em mãos, o profissional redige uma declaração para comprovar sua renda como autônomo. A DECORE passa pela fiscalização do conselho regional de contabilidade, por isso, é indispensável procurar um profissional regularizado.

Viu só? Após essas dicas, esperamos que tenhamos tirado suas dúvidas e incentivado a buscar a compra da sua casa própria conosco. Entre em contato com a nossa equipe que estamos prontos para fornecer informações valiosas ao longo desse processo tão importante.

Separamos um vídeo de um dos nossos gerentes aqui da Lyx Engenharia explicando ainda mais sobre assunto, confira:

Veja também