Hoje, o cartão de crédito é uma das formas de aquisição de bens e serviços mais utilizados pelos brasileiros. Ainda que a sua praticidade seja tentadora, o cartão de crédito também é o principal inimigo do planejamento financeiro das famílias e responsável pela criação de dívidas.

Se você tem cartão de crédito e enfrenta problemas para pagar suas faturas no fim do mês, confira a seguir os 5 cuidados com o cartão de crédito que nós listamos. Confira e previna-se!

  1. Tenha cuidado com seus dados

No geral, a senha inicial do seu cartão é escolhida de forma aleatória pela bandeira. Memorize-a, evitando fazer a repetição desta senha para acessar outros serviços. De tempos em tempos, também é interessante fazer a alteração da senha, para assim aumentar a sua segurança.

Tome cuidado com o número impresso no cartão, bem como a data de validade e o código de segurança.

  1. Compre sempre dentro do planejamento financeiro

Para evitar endividamento com cartão de crédito, o ideal é que o limite dele jamais exceda 50% da sua renda. Ainda assim, é necessário fazer uso de bons critérios para não fugir da linha.

O primeiro passo está em parar de fazer compras frequentes, como as de mercado, pagando com o cartão.

Coloque na cabeça que a finalidade do cartão de crédito é para a compra de itens que requerem o parcelamento, ou até mesmo para a assinatura de serviços fixos.

cartão de crédito

  1. Jamais pague o valor mínimo e nem parcele a fatura

Um erro bastante comum entre os portadores de cartão de crédito é pagar o valor mínimo da fatura ou até mesmo fazer o parcelamento dela. Embora pareça uma boa solução nos meses onde o dinheiro está mais curto, não é nada indicado, já que os valores não pagos são, posteriormente, acrescidos com juros e multas de atraso.

  1. Está endividado? Reduza o número de cartões

Hoje, é muito fácil adquirir um cartão de crédito. Diferente de décadas passadas, o cliente não precisa mais ter uma conta bancária para solicitar seu cartão. Eles são oferecidos por lojas varejistas, supermercados e bandeiras.

Mas não se deixe levar por esta facilidade, afinal, você não precisa ter todos os cartões que te oferecem. Tenha o mínimo de cartões possíveis e, caso você já esteja se endividando, quite suas dívidas o quanto antes e reduza o número de cartões.

  1. Renegocie suas dívidas o quanto antes

Os cuidados necessários com o uso do cartão de crédito são, principalmente, para evitar que haja o temido efeito “bola de neve”, que nada mais é do que uma pequena dívida que se torna gigantesca, em um curto período de tempo.

Tarde demais para você? Então procure a instituição financeira o quanto antes e renegocie a sua dívida. Aqui, é o momento de solicitar descontos e uma forma de pagamento que se encaixe em suas condições financeiras atuais.

Por que se preocupar com o cartão de crédito?

Cartão de crédito é sempre motivo pelo qual brasileiros ficam endividados. Segundo pesquisa, 8 em cada 10 brasileiros devem para os administradores de cartão de crédito no país. O uso consciente dos cartões auxilia não só na sua saúde financeira, mas também na liberação de créditos maiores quando requisitado, como para o financiamento do imóvel próprio.

Aplique estas dicas e veja como poupar torna uma tarefa mais fácil para conquistar a casa própria.

Não saiu do aluguel ainda? Conheça os Condomínios Clube que vem ganhando destaque no mercado imobiliário na região Sul do país . Empreendimentos com mais de 40 áreas de lazer! Imóveis que se enquadram no programa  Minha Casa, Minha Vida. Essa é oportunidade que você estava esperando para comprar seu apartamento próprio. Confira:

áreas de lazer

 

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Veja também