A instalação dos pisos dos apartamentos ajuda no conforto dos moradores e também na aparência do imóvel. Além de diminuir bastante a presença de pó e de facilitar a limpeza, os pisos colaboram para criar estilos diversos e é preciso sempre procurar por um especialista para colocá-los: se não forem bem fixados ou alinhados, o projeto de design fica totalmente comprometido.

Além de o profissional saber a maneira exata de fazer a instalação do piso em apartamento, ele também sabe quais são mais resistentes a diferentes condições, como têm de ser conservados e outras informações. Quem está escolhendo o piso precisa ficar de olho no PEI também: esse é o índice que mostra a resistência de cada revestimento. Antes da gente começar as nossas dicas é essencial você ter o conhecimento da tabela abaixo.

 

tabela pei

 

Veja abaixo 4 dicas sobre pisos em apartamentos:

 

1- Porcelanato é o coringa dos pisos

 

Quem deseja colocar o mesmo piso em todos os cômodos tem de pensar no porcelanato como primeira opção. Ele fica bem com qualquer cor de móvel e tem muita durabilidade, podendo ser colocado nos quintais ou na área de serviço, além do banheiro: isso porque o porcelanato dificilmente é danificado pela água. Para os cômodos como quarto, corredor e sala, nos quais não há água, o piso laminado também é um bom candidato, em especial porque ele tem custo acessível.

 

2- Sem gordura

 

Alguns pisos têm mais probabilidade de reter gordura, em especial por serem do tipo rugoso: eles têm de ser evitados na cozinha porque, com o tempo, a sua aparência ficará danificada. O piso de cerâmica é um dos que mais se usa nesse cômodo, apesar de o piso de cimento queimado também ser indicado. Apesar disso, ressalva-se que é interessante pedir a dica de um especialista.

 

3- Manutenção

 

Cada tipo de piso tem um modo de ser conservado e alguns não aceitam certos produtos de limpeza. Quando o piso é escolhido, deve-se aprender como limpá-lo, o que não aplicar e outros cuidados; no caso dos pisos de cerâmica, por exemplo, é indicado usar detergente desengordurante ou então produtos que tenham pH neutro misturados a vinagre.

Se o piso escolhido é de porcelanato, os procedimentos para ele ser conservado são diferentes: o detergente sempre deve ser neutro e, se ele for varrido, é preciso que seja com vassoura de pelo. Um produto proibido para quem tem piso de porcelanato é a água sanitária e, se o piso já tem brilho, não se pode aplicar impermeabilizante.

O piso vinílico também tem uma maneira específica de ser higienizado e ele não pode ser molhado em excesso. O melhor é usar pano levemente úmido e detergente com pH neutro.

 

casa própria

 

4 – De olho no desgaste

 

Os pisos contam com tipos diferentes de resistência e eles são determinados pelo PEI. Esse desgaste pode ser por causa de produtos abrasivos ou mesmo pelo fato de suportar frequentemente o peso das pessoas transitando sobre ele. Quando muitas pessoas moram no apartamento ou há crianças, é necessário que um profissional recomende qual piso é o mais resistente.

 

Não saiu do aluguel ainda? Conheça os Condomínios Clube que vem ganhando destaque no mercado imobiliário na região Sul do país . Empreendimentos com mais de 40 áreas de lazer! Imóveis que se enquadram no programa  Minha Casa, Minha Vida. Essa é oportunidade que você estava esperando para comprar seu apartamento próprio. Confira:

 

[metaslider id=437]

Veja também