Na decoração da sua casa ou apartamento, a gente sabe que é essencial uma iluminação bem pensada pra deixar o ambiente mais bonito, chamando mais atenção para os detalhes, mais aconchegante, funcional e interessante. Seja pra dar só uma pitada de decoração no ambiente ou transformá-lo completamente. Não adianta ter uma decoração linda pra ela ficar no escuro não é mesmo? Pensando nisso, você vai terminar o post de hoje sabendo tudo sobre a iluminação certa para decorar seu apartamento!

Dicas para valorizar a iluminação do seu apartamento

1 – As cores:

As cores do ambiente são muito importantes na hora de escolher a sua iluminação. Os ambientes escuros absorvem a luz, e os ambientes claros são aqueles que refletem luz. Portanto, o impacto das luminárias a serem usadas dependem totalmente das cores que estão no local. Cores claras nos móveis e pintura são ótimas para apartamentos pequenos.

2 – Espelhos:

Além de refletir a luz do local, dá mais amplitude dando a sensação de espaço maior, sendo uma boa opção para ampliar o ambiente e a iluminação do local.

3 – Luz natural:

Pense na luz natural ao decorar seu apartamento. Durante o dia, é interessante que o ambiente seja aconchegante, e para isso, principalmente em locais pequenos, aposte em ambientes que valorizem também a luz natural.

Tipos de iluminação para seu apartamento

Luz Branca

A luz branca remete a ambientes de trabalho e concentração, além de dar uma visão mais clara e precisa. É interessante que se use em ambientes como em áreas de serviço, cozinha, banheiros, bancada de estudos e penteadeiras. Esse tipo de iluminação é muito semelhante com a luz do dia. Por isso, nesses espaços as luzes de LED branca são as mais indicadas.

1 – Área de serviço:

Luzes brancas são ideais para que se evite sombras, com uma iluminação bem uniforme é possível fazer com que a área de serviço fique mais funcional. As lâmpadas de LED são super indicadas pois não aquecem com facilidade e economizam energia, além de deixarem o trabalho doméstico mais agradável com uma iluminação homogênea.

2 – Cozinha:

A cozinha é o coração da casa! Por ser um ambiente de convívio requer bastante iluminação. Se for possível, abuse da luz natural! Quando se fala em funcionalidade na cozinha, LEDs embutidos embaixo dos armários suspensos, são boas soluções para iluminação. Os SPOTS também são bem interessantes para criar locais de foco, além de estarem super em alta e serem os queridinhos dos designers de interiores e especialistas em iluminação. Se for o caso de investir numa coifa, existem algumas opções com lâmpadas embutidas. Aproveite desse recurso, pois se torna muito útil na hora de cozinhar.

3 – Banheiros:

Em caso de lavabos, não é necessário que se use uma iluminação tão clara, mas em banheiros de uso pessoal é interessante que o local seja bem iluminado. Fazer a barba ou maquiagem são atividades que requerem iluminação adequada. Ao redor do espelho, você pode apostar em LEDS com foco frontal, isso evita a criação de sombras e iluminam o rosto. Assim como em penteadeiras, essa técnica funciona da mesma forma!

4 – Área de estudos:

O seu local de trabalho/estudo deve ser bem iluminado, priorizando o uso do computador para que não haja reflexos que atrapalhem suas atividades. Atividades que requerem atenção, como leitura, escrita, entre outras, demandam de uma boa visibilidade, é aí que entra a luz branca, caso o ambiente tenha luz difusa ou amarela, pode te causar problemas de visão e dores de cabeça. Luminárias de teto LED, embutidas LED, ou SPOTS são opções perfeitas para iluminar esse tipo de ambiente.

Luz Amarela

A luz amarela é usada para dar aconchego ao ambiente. Locais como quarto, sala de estar, e mesa de jantar são ideias para esse tipo de iluminação, pois são perfeitos para ter momentos de relaxamento e lazer, por isso não demandando de uma luz tão forte como a luz branca que é ideal para outros tipos de ambiente.

1 – Quarto:

Por ser um cômodo reservado para descanso, é perfeito que se use a luz amarela, mais suave, contribuindo para um ambiente sereno e de repouso. Uma luz indireta cria um ambiente aconchegante. Fitas de LED na cabeceira são uma ótima opção, não gerando reflexos e permitindo que você utilize uma televisão no quarto. Spots também são boas opções, também podem dar a sensação de foco em determinado móvel, como armário por exemplo.

2 – Sala de estar:

Para dar a sensação de aconchego, a luz amarela é perfeita para a sala de estar, principalmente se a pintura ou papel de parede for claro, podendo assim a iluminação ser mais difusa. Abajures, spots de luz dando foco em móveis são opções ótimas para esse cômodo, contribuindo para deixar seu apartamento com um ar mais sofisticado. Lustres e luminárias de mesa também são alternativas incríveis.

3 – Mesa de jantar:

Como o foco é a comida, é interessante abusar dos pendentes com luz amarela refletida ou difusa, dando uma sensação de aconchego e iluminando a mesa. Mas atenção ao comprimento na hora de escolher o pendente: se ele for muito comprido, ele pode atrapalhar a mobilidade no local.

 

Para saber mais sobre tipos de lâmpada dá uma olhada na explicação do Maurício Arruda no Canal GNT no vídeo abaixo. Ele explica mais detalhadamente sobre as lâmpadas ideais e a iluminação que elas promovem.

 

Além disso, você sabia que dá pra decorar a sua casa de forma sustentável? Em parceria com o pessoal da @canariohandmade, nós mostramos neste vídeo a produção de uma luminária sustentável de mão francesa que se adequa à qualquer ambiente da sua casa:

Nós salvamos uma pasta no Pinterest com várias referências que você pode usar pra se inspirar e deixar sua casa moderna, super iluminada e com uma decoração que seja a sua cara! Você pode conferir clicando aqui!

E aí? Já se sente mais preparado pra iluminar seu apê e deixar ele do seu jeitinho? Conta aqui pra gente o que achou e compartilhe esse post com aquele amigo que vai receber as chaves esse ano.

Veja também